Não é por menos que a expressão “Eat your Greens” ficou tão famosa entre os americanos, traduzindo ao pé da letra, “Coma seus Verdes”. Os benefícios dos vegetais verdes para a saúde são enormes e vale a pena incluí-los na sua alimentação diária.

Os vegetais verdes são os alimentos mais comumente ausentes na alimentação moderna, na qual, infelizmente assim como outros alimentos in natura, foram trocados por alimentos prontos e ultraprocessados.

Aprender a incorporar vegetais verdes na sua dieta é essencial para estabelecer um corpo saudável e melhorar o sistema imunológico. Quando você se alimenta com esses vegetais, você pode, naturalmente, diminuir os alimentos mais processados e prejudiciais a sua saúde.

Os vegetais verdes ajudam a fortalecer o sangue e o sistema respiratório. Também são alimentos altamente alcalinos, que podem ser benéficos para as pessoas expostas a maiores quantidades de poluição nas áreas urbanas.

Os minerais alcalinos em nossos corpos são usados ​​para neutralizar condições ácidas causada pelo meio ambiente e por alimentos ultraprocessados. Os vegetais verdes ajudarão a repor o armazenamento de minerais alcalinos no nosso corpo e continuam a filtrar os poluentes1.

Estes alimentos estão associados com a primavera – o tempo de renovação,refresco e energia vital. Na medicina tradicional chinesa, verde está relacionado com o fígado, estabilidade emocional, e criatividade.

Nutricionalmente, os vegetais verdes são ricos em cálcio, magnésio, ferro, potássio e vitaminas A, C e K. Eles são carregados com fibra, ácido fólico, clorofila e muitos outros micronutrientes e fitoquímicos. Embora a escolha orgânica seja recomendado, comer vegetais não orgânicos ainda é preferível a não comer nenhum!

Alguns dos comprovados e possíveis benefícios de consumir vegetais verdes escuros são:

  • Purificação do sangue;
  • Prevenção de câncer;
  • Melhor circulação;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Promoção da flora intestinal saudável;
  • Melhora do  fígado, vesícula biliar,e função renal;
  • Congestionamento limpo, especialmente nos pulmões, reduzindo o muco.

Há uma ampla variedade de verdes para escolher, tente encontrar opções que você desfrutará mais e coma diariamente.

Se você ficar entediado com seus favoritos, se aventure e explore novos vegetais verdes que você nunca tentou antes.


Vegetais escuros

O brócolis é uma opção muito popular entre adultos e crianças. Tente também incluir, aipo, bok choy, repolho, couve, mostarda, acelga, dente de leão.

Outras opções

Repolho verde é ótimo cozido, cru, ou na forma de chucrute. Rúcula, endívia, chicória, alface, e outros são geralmente comidos crus, mas podem ser consumidos de qualquer maneira criativa que você goste.

Coma com moderação

Espinafre, acelga e beterraba são melhor consumidos com moderação, porque são ricos em ácido oxálico, que inibe a absorção do cálcio que esses alimentos contém2. No entanto, a rotação entre uma variedade de vegetais verdes não deve causar quaisquer consequências nutricionais em relação ao cálcio3.

E para te ajudar a incluir mais vegetais verdes na sua alimentação, separei uma receita diferente e super fácil.

Panqueca com massa de espinafre

vegetais-verdes-beneficios-saude

Ingredientes:

  • 2 ovos
  • 2 colheres de sopa de farelo de aveia
  • 1 porção de espinafre congelado ou ¼ xícara de folhas frescas lavadas e picadas
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Se você optou pelo espinafre congelado (ele já vem já em porções individuais na embalagem), leve ao micro-ondas por 30 segundos para descongelar.

Bata todos os ingredientes no liquidificador ou mixer.

Aqueça uma frigideira pequena (20 cm) antiaderente e derrame a massa e se possível tampe para cozinhar a massa mais uniforme.

Quando o fundo estiver dourado, vire a massa para dourar o outro lado.

Coloque o recheio que preferir, como muçarela, tomate e orégano, ou creme de ricota temperada, frango desfiado. Use sua criatividade.

Rendimento: 1 unidade

Essa receita é super versátil. Você pode fazer para o café da manhã e lanche da tarde e comer acompanhado de uma fruta, ou no almoço e jantar acompanhada de uma salada caprichada e aumentar ainda mais o consumo de folhas verdes.

Para aprender outras receitas práticas como essa, conheça mais sobre o meu serviço de personal chef.

FONTES

1| Kelsay, JL. (1987). Effects of fiber, phytic acid, and oxalic acid in the diet on mineral bioavailability. Am J Gastroenterol 82(10), 983–986. Retirado de: www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/2821800

2| Weil, A. (2008, January 28). Avoid vegetables with oxalic acid? Q & A Library. Retirado de: www.drweil.com/diet-nutrition/nutrition/avoid-vegetables-with-oxalicacid/

3| The Institute of Medicine. (2011, March). Dietary reference intakes for calcium and vitamin D. Report Brief. Retirado de: www.nationalacademies.org/hmd/~/media/Files/Report%20Files/2010/Dietary-Reference-Intakes-for-Calcium-and-Vitamin-D/Vitamin%20D%20and%20 Calcium%202010%20Report%20Brief.pdf

WhatsApp chat